top of page

20 tipos de uvas para você conhecer!

As uvas são a matéria-prima essencial para a produção de vinhos, e a sua variedade é tão grande quanto o universo dos sabores e aromas que os vinhos podem oferecer. Neste blog, vamos conhecer algumas das principais uvas tintas e brancas, suas características, origem e onde são cultivadas, além de dicas de excelentes rótulos.




Sauvignon Blanc

A Sauvignon Blanc é uma uva branca originária da França. É conhecida por seus vinhos secos, com acidez marcante, seus aromas podem variar de acordo com o clima, o terroir e o método de vinificação, mas alguns aromas comuns incluem frutas cítricas, como limão e grapefruit, e frutas verdes, como abacaxi e kiwi. A Sauvignon Blanc é uma uva de pele fina, o que significa que ela é mais sensível à oxidação do que uvas de pele grossa. Por isso, é importante que os vinhos feitos com Sauvignon Blanc sejam consumidos frescos.



Producta Vignobles - Grain de Lune

Sauvignon Gris

A Sauvignon Gris é uma uva branca originária da França. É uma variante da Sauvignon Blanc, isso significa que as duas uvas são geneticamente muito semelhantes, mas a Sauvignon Gris tem uma casca ligeiramente rosada. Um vinho com acidez um pouco menor e notas de frutas mais maduras, como pêssego e damasco. É cultivada também na Itália, Espanha e Estados Unidos.




Anselmo Mendes - Muros de Melgaço

Alvarinho

A Alvarinho é uma uva branca originária da região do Minho, em Portugal, sendo uma das uvas utilizadas na produção do Vinho Verde. É conhecida por seus vinhos frescos, com acidez marcante e notas de frutas cítricas, como limão e lima, essa acidez também ajuda a equilibrar os taninos, tornando os vinhos mais redondos e harmoniosos. Pode-se encontrar também na Espanha, na França e no Brasil excelentes exemplares dessa uva.



Chardonnay

A Chardonnay é uma uva branca originária da Borgonha, na França. É uma das uvas mais cultivadas no mundo, e dá origem a uma grande variedade de vinhos, desde os leves e refrescantes até os encorpados e complexos. Com aromas de frutas cítricas, limão e maçã, e pêssego e damasco. Em climas mais quentes, a Chardonnay pode apresentar aromas e sabores de frutas tropicais, como banana e manga. É cultivada em praticamente todos os países produtores de vinho.



Eugen Muller - Riesling Trocken Charisma

Riesling

A Riesling é uma uva branca originária da Alemanha. É conhecida por seus vinhos secos, com alta acidez e notas de frutas cítricas, minerais e especiarias. É cultivada também na França, Áustria, Hungria, Estados Unidos e Austrália. Uma curiosidade sobre a uva Riesling é que ela é uma das poucas uvas que podem produzir vinhos secos, semissecos, doces e até mesmo espumantes.





Pinot Grigio

A Pinot Grigio é uma uva branca originária da Itália, sendo uma mutação da Pinot Noir. É conhecida por seus vinhos secos, com acidez moderada e notas de frutas cítricas, como maçã e pêssego. É cultivada também na França, Alemanha, Estados Unidos e Austrália.



Luigi Bosca - Gewurztraminer Granos Nobles

Gewürztraminer

A Gewürztraminer é uma uva branca originária da Alsácia, na França. É conhecida por seus vinhos doces ou secos, com alta acidez e notas de frutas tropicais, especiarias e mel. É cultivada também na Alemanha, Áustria, Itália e Estados Unidos. Eles são geralmente servidos como aperitivo ou harmonizados com pratos leves, como frutos do mar, queijos e sobremesas.



Colomé - Torrontes

Torrontés

A Torrontés é uma uva branca originária da Espanha. É conhecida por seus vinhos brancos secos ou doces, com acidez moderada e notas de frutas cítricas, como limão e laranja, e flores. É cultivada também no Uruguai, Paraguai e Argentina. É uma uva relativamente nova na viticultura mundial, e hoje é uma das uvas mais importantes da Argentina.



La Causa - País

País

A Pais é uma uva tinta originária da Espanha, trazida pelos colinzadores das Americas aos países sul-americanos. É conhecida por seus vinhos tintos leves a médios, com taninos moderados e notas de frutas vermelhas, como cereja e ameixa. É cultivada também no Chile, onde é utilizada na elaboração de vinhos finos.




Bouza - Parcela Única Merlot

Merlot

A Merlot é uma uva tinta originária da França. É conhecida por seus vinhos com corpo moderado, com taninos moderados e notas de frutas vermelhas e pretas, como ameixa e mirtilo. É cultivada também em praticamente todos os países produtores de vinho, inclusive no Brasil. O nome da uva Merlot vem da semelhança de seus cachos maduros com a penugem do pássaro Merle, comum nos vinhedos da região de Bordeaux, na França.




Caprilli - Rosso di Montalcino

Sangiovese

A Sangiovese é uma uva tinta originária da Itália, é responsável por muitos dos vinhos italianos mais famosos, como o Chianti e o Brunello di Montalcino. É conhecida por ser uma uva versátil. Ela pode ser utilizada na produção de leves e frescos até os encorpados e complexos, com taninos moderados e notas de frutas vermelhas, como cereja e ameixa. É cultivada também na França, Estados Unidos e Chile.




Hermann - Bossa Tempranillo

Tempranillo

A Tempranillo é uma uva tinta originária da Espanha. É conhecida por seus vinhos tintos encorpados, com taninos moderados e notas de frutas vermelhas e pretas, como cereja, ameixa e cassis. É cultivada também em Portugal, França, Chile, Argentina e Brasil. Uma curiosidade sobre a uva Tempranillo é que ela é conhecida como "uva precoce" em espanhol. Isso porque ela é uma das uvas que amadurecem mais cedo, geralmente no final do verão ou início do outono.



Abadal - Abadal Franc

Cabernet Franc

A Cabernet Franc é uma uva tinta originária da França. É uma das uvas mais cultivadas no mundo, e dá origem a vinhos tintos secos, com taninos moderados e notas de frutas vermelhas, como cereja e ameixa, mas pode ser utilizada na produção de vinhos tintos encorpados, com taninos marcantes e notas de frutas escuras, como amora e ameixa. É cultivada também em praticamente todos os países produtores de vinho, inclusive no Brasil.



Terranoble - Gran Reserva Carignan

Carignan

A Carignan é uma uva tinta originária da Espanha. É conhecida por seus vinhos tintos de leves a médios corpo, com taninos moderados e notas de frutas vermelhas, como cereja e ameixa. É cultivada em diversos países produtores de vinho, como Chile. Uma curiosidade sobre a uva Carignan é que ela é considerada uma uva "robusta". Isso significa que ela é resistente a doenças e condições climáticas adversas.



Terranoble - CA2

Carménère

A Carménère é uma uva tinta originária da França. É conhecida por seus vinhos tintos versáteis, com taninos marcantes e notas de frutas vermelhas e pretas, como cereja, ameixa e cassis. É cultivada também no Brasil, onde é utilizada na elaboração de vinhos finos. Uma curiosidade sobre a uva Carmenere é que ela foi confundida com a Merlot por muitos anos no período que quase foi extinta na França e sobreviveu nas condições no Chile.



Petit Verdot

A Petit Verdot é uma uva tinta originária do sudoeste da França. É conhecida por seus vinhos tintos encorpados, com taninos marcantes e notas de frutas escuras, como amora e ameixa. É cultivada também em Portugal, Espanha, Chile e Argentina. É uma uva "rara", devido ao fato de que a Petit Verdot é uma uva difícil de cultivar. Ela é suscetível a doenças e condições climáticas adversas; é cultivada em apenas cerca de 10.000 hectares em todo o mundo.



Pio Cesare - Barolo

Nebbiolo

A Nebbiolo é uma uva tinta originária da Itália. É conhecida por seus vinhos tintos encorpados, com taninos marcantes e notas de frutas vermelhas e pretas, como cereja, ameixa e cassis. É cultivada principalmente na região do Piemonte, na Itália. Uma curiosidade sobre a uva Nebbiolo é que seu nome significa "neblina" em italiano. Isso se deve ao fato de que a região do Piemonte, na Itália, onde a Nebbiolo é originária, é conhecida por suas manhãs nubladas. A neblina ajuda a proteger as videiras de geadas e outros problemas climáticos.



Alves de Sousa - Caldas Reserva Touriga Nacional

Touriga Nacional

A Touriga Nacional é uma uva tinta originária de Portugal. É conhecida por seus vinhos tintos encorpados, com taninos marcantes e notas de frutas vermelhas e pretas, como cereja, ameixa e amora. É cultivada também no Brasil, onde é utilizada na elaboração de vinhos finos. A uva Touriga Nacional quase desapareceu no início do século XX. Isso porque ela é uma uva de baixa produtividade, o que significa que ela produz menos uvas por planta do que outras uvas.



Las Moras - Sagrado Malbec

Malbec

A Malbec é uma uva tinta originária da França, mas é mais conhecida hoje por seus vinhos produzidos na Argentina. Isso se deve ao fato de que a Malbec foi levada para a Argentina no século 19, durante a epidemia de filoxera, que destruiu as plantações de vinhas na França. É conhecida por seus vinhos tintos encorpados, com taninos marcantes e notas de frutas vermelhas, como morango e framboesa. É cultivada também na Argentina, Chile, Estados Unidos e Brasil.



Bouza - Tannat

Tannat

A Tannat é uma uva tinta originária do sudoeste da França, na região de Madiran. É conhecida por seus vinhos tintos encorpados, com taninos marcantes e notas de frutas escuras, como amora e ameixa. É cultivada também no Uruguai, onde é considerada a uva nacional. O nome "Tannat" vem da palavra "tan", que significa "tanino" em francês.






Cabernet Sauvignon

A Cabernet Sauvignon é uma uva tinta originária da França. É uma das uvas mais cultivadas no mundo, e dá origem a vinhos tintos encorpados, com taninos marcantes e notas de frutas vermelhas e pretas, como cassis e amoras. É cultivada também em praticamente todos os países produtores de vinho, inclusive no Brasil. A Cabernet Sauvignon é uma uva híbrida, originária do cruzamento de duas uvas francesas, a Cabernet Franc e a Sauvignon Blanc.




Harmonização

A harmonização entre vinhos e alimentos é uma arte que requer conhecimento e experiência. Em geral, vinhos tintos encorpados, como os feitos com as uvas Cabernet Sauvignon, Malbec e Tannat, combinam bem com carnes vermelhas, como churrasco, bife e costela. Vinhos tintos leves a médios, como os feitos com as uvas Pinot Noir, Merlot e Touriga Nacional, combinam bem com carnes brancas, como frango e peixe masi gorduroso. Vinhos brancos secos, como os feitos com as uvas Chardonnay, Sauvignon Blanc e Riesling e Torrontés, combinam bem com frutos do mar, queijos e pratos leves. Vinhos brancos doces, como os feitos com as uvas Gewürztraminer, combinam bem com sobremesas.

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page